Micro Narrativa

Abro a janela nesta noite quente. Uma parafernália de luz e som instala-se neste quadro. Estás deitado na cama e tens sono, por isso não vês. Perguntas-me se é bonito. Não sei, está a acontecer mesmo atrás das árvores. O…

– Eu disse-lhes que não era para matar aquela galinha – diz ela observando os dois cães que repousam numa sombra fresca – disse-lhes que quando ela morresse eu a enterrava, que não era para tocar nela. Eu disse. Ela…

Todas as capas exteriores tentam seduzir-te, comprar-te, convencer-te, provocar-te, entusiasmar-te, controlar-te, consumir-te, invadir-te, alienar-te, até, por fim, vencer-te. in Cordel de Poeta de Gandia

Back to top