Pedras do meu telhado

Cada passo como um caminho fractal que se desenrola no deserto debaixo dos pés. Pouco a pouco.

Um diamante não passa de um mecanismo de sobrevivência.

Ontem são milhares de anos.

Espero por ti junto de uma pedra redonda.

Pergunto-me o que virá a seguir e deixo a resposta para as rochas e montanhas, rios e mares.

(Série de motivações geológicas)

Back to top